Dinamarca

Estudar Direito na Dinamarca

Cursos de direito oferecidos pela Dinamarca Dinamarca oferece Bacharel em Direito, Master of Laws (LL.M) e cursos de direito Ph.D. O grau LL.M é reconhecida internacionalmente como uma pós-graduação, tendo cerca de um ano para ser concluído. A maioria dos estudantes de Direito continuar perseguindo um grau LL.M depois de terminar a licenciatura programa 's para ganhar experiência com áreas especializadas de direito, como o civil, criminal ou judicial. Além disso, a maioria das empresas dinamarquesas de direito (assim como escritórios de advocacia em toda a União Europeia) preferem que os seus advogados para segurar um grau LL.M uma vez que este diploma indica que o aluno tem avançado formação jurídica e é qualificado para lidar com casos em um ambiente multinacional. Ganhar um Licenciado em Direito na Dinamarca Dinamarca tem duas universidades que oferecem cursos de direito: a Universidade de Copenhague (Department of Law) e da Universidade Aahus (Faculdade de Direito). A Universidade de Copenhaga é a maior escola de lei na Dinamarca e Escandinávia e tem 4.000 alunos matriculados em um determinado momento.Os alunos podem optar por ganhar um dos quatro graus da Universidade de Copenhague: um LL.B, um mestrado, um doutorado ou um mestrado em Resolução de Conflitos e Mediação. Universidade Aahus, na cidade de Aahus, Dinamarca, também oferece programas de advocacia licenciatura, mestrado e doutorado, mas não inclui um Mestrado em Resolução de Conflitos e Mediação em seu currículo. Aulas de verão também estão disponíveis na Universidade Aahus. Propinas e Corpo de Estudos de Direito na Dinamarca Normalmente, estudantes de Direito completar seus 's graus em três a quatro anos e Mestrado ' Bachelor graus s em um ano. Ph.D. graus pode levar até três anos para terminar, dependendo da área em que o estudante pretende se especializar. Alunos do EEE e da UE não tem que pagar propinas enquanto matriculado em um curso de ensino superior na Dinamarca. Cidadãos norte-americanos e não-membros da União Europeia devem pagar as propinas anuais que variam de 6.000 a 15.000 Euros (USD $ 8000 a $ 20,000).Oportunidades para Advogados na Dinamarca, com milhares de escritórios de advocacia que operam na Dinamarca e as taxas de desemprego dinamarqueses consistentemente abaixo da marca de cinco por cento, encontrando emprego na Dinamarca não é difícil. Contudo, os advogados especializado em direito internacional experiência taxas mais elevadas de sucesso na obtenção de posições mais rapidamente do que os advogados com graus de LLM.

Sobre a Dinamarca

Para o sul da Noruega eo sudoeste da Suécia encontra-se o Reino da Dinamarca, um Estado soberano, que também inclui os países autônomos da Groenlândia e as Ilhas Faroé no seu reino. Mais de cinco milhões de pessoas vivem na Dinamarca, um país democrático socialista consistentemente classificado como um dos países mais desenvolvidos e mais felizes do mundo, principalmente devido a sua alta, a renda média per capita, a igualdade de renda e fatores de mobilidade social. Um membro fundador da Organização das Nações Unidas, da NATO, da OCDE e do Conselho Nórdico, a Dinamarca tem um passado único rico em história Viking, escaramuças medievais com os países vizinhos e à tomada de uma posição neutra durante a Segunda Guerra Mundial. Fatos úteis sobre Dinamarca • dinamarquês é a língua predominantemente falada na Dinamarca • O Kroner Dinamarquês (DKK) é a moeda usada, com um Krone correspondendo a 100 minério • Quase 90 por cento dos dinamarqueses praticar a religião protestante • A Dinamarca é um país muito verde.A energia eólica constitui 30 por cento de toda a eletricidade usada por seus moradores • Copenhaga é a capital da Dinamarca e de casa para o seu governo, onde o monarca e primeiro-ministro, muitas vezes se reúnem em um castelo do século 17 construído por Christian IV Sistema Judicial da Dinamarca Legislativo e Executivo autoridade continua separada da autoridade judicial. Não há um sistema unificado judicial na Dinamarca. Em vez disso, o Ilhas Faroé, na Dinamarca e Groenlândia têm seus próprios sistemas judiciais. No entanto, as decisões dos tribunais superiores feitas por juízes que vivem nas ilhas Faroé ou Groenlândia pode ser objecto de recurso nos dinamarqueses Tribunais Superiores. O mais alto tribunal penal e civil é o Supremo Tribunal dinamarquês, que é responsável pela administração da justiça em todo o Reino da Dinamarca. A Constituição da Dinamarca é a base para todos os procedimentos judiciais e encenações implementadas pela monarquia Dinamarca 's.